Conectar-se

Esqueci minha senha

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 12 em Sab Nov 10, 2018 2:40 am
Últimos assuntos

Diário de Campanha - A Sombra de um Mythallar - 2º Trecho Provisório.

Ir em baixo

Diário de Campanha - A Sombra de um Mythallar - 2º Trecho Provisório.

Mensagem por Igor em Sex Mar 22, 2013 3:42 pm

Noite do dia 4 de Uktar.

...

Depois que aquele turbilhão de luz dourada tomou o centro do campo de batalha, tudo pareceu começar a mudar. O silêncio começou a tomar partido em terminar com todos os demais gritos e clangores de batalha; o tempo pareceu diminuir até parar. Ocorre que daquele turbilhão uma espécie de portal se abriu e saiu de dentro dele um magote vestido em roupas de aldeão brancas, usando galochas douradas, um chapéu com pena e um cajado. Ele deu um grande grito por Hurin quando o viu, que pareceu ecoar pela imensidão silenciosa do campo de batalha estático. Gritou também pelos nomes do restante da companhia: Samael, Holg, Azon, mas não deixou de chamar também por Iledran e Satriny. Ele disse que deveriam se apresentar com urgência diante dele, pois vinha de um tempo à frente do presente e que precisariam voltar ao passado para resolver um grande problema gerado lá. Com a reunião de todos, algo inesperado ocorreu: a realidade para todos foi alterada, remetendo-os a momentos não vividos de suas vidas.

Hurin se viu em Suzail conversando com sua chorosa mãe, que estava triste por ter matado seu marido;

Satriny se viu em Neverwinter conversando com os fantasmas de seus pais que diziam ter sido esquecidos;

Iledran se viu em Encontro Eterno devastado por uma guerra infernal e conversando com seu estranho pai;

Samael, em Sigil, conversando com sua irmã que reclamava sobre a captura de sua outra irmã.

Era Shar impedindo que entrassem no portal. Com a negativa de todos os aventureiros, quando tentaram passar pelo portal, Shar mandou um Proxy seu, que a princípio imitou sua forma e depois se mostrou como um Andarilho Noturno. Depois de uma curta batalha, na qual Holg conseguiu se libertar da magia Labirinto, e de quebrar a espada de Hurin, conseguiram destruir a criatura e suas sombras lacaias.

Ao passar pelo portal-túnel, o magote se apresentou como Ermindas e explicou para quando no tempo voltariam: 11 dias atrás. Explicou sobre os paradoxos, efeitos da viagem e vontade de Mystra. Disse que já tinha falado com eles em outros momentos e que era um aprendiz.

Retornaram a uma velha casa de temporada no Distrito da Marina. Samael foi logo averiguar todo o lugar e pegar roupas para o grupo. Em seguida foram andando até o Campo do Triunfo onde pegaram uma carruagem para o Distrito do Castelo para deixarem Iledran e Satriny na torre de Khelben, para então partir para a futura Villa da Companhia.

Depois de insistir no portão da torre de Khelben falando que se tratava de viajantes que portavam informações sobre a Profecia do Corvo, foram recepcionados por Malinkor e levados até o arquimago. Falaram que tinham vindo do futuro e que apenas ele poderia ajudá-los; para provar, disseram sobre a Profecia do Corvo

_________________
"A inconstância no ser: à inconstância, há inconstâncias."
avatar
Igor
Narrador
Narrador

Mensagens : 620
XP : 750
Reputação : 14
Data de inscrição : 26/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum