Conectar-se

Esqueci minha senha

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 7 em Sex Set 23, 2011 5:06 pm
Últimos assuntos

[Ambientação dos jogos do Kio]: Dragões Negros - Informações adicionais

Ir em baixo

[Ambientação dos jogos do Kio]: Dragões Negros - Informações adicionais

Mensagem por Kio em Ter Mar 08, 2011 8:15 pm

Estou abrindo este novo tópico com informações adicionais sobre a ambientação e alguns rumores que os personagens podem ficar sabendo, caso procurem mais informações. Estes rumores podem ser verdadeiros... ou não.


Sobre o cartaz:

Como mencionado, o cartaz que os personagens tiveram acesso está numa cidade de foragidos, de reputação duvidosa.

Isso quer dizer que NINGUÉM encontrou este aviso numa cidade cheia de boas pessoas ou onde autoridades locais tenham grande poder de influência. Este cartaz SOMENTE pode ser encontrado em cidades onde o crime seja quase comum e onde a lei seja quase caos, ou possa ser comprada sem muita dificuldade.

“Companhia Dragão negro? Não há nada pra falar sobre eles, a não ser que você não deve se meter com eles.”
Sorgal, Atendente da taverna do Barrigudo


Bons exemplos são Skullport (Toril, Forgotten Realms), A maioria das cidades Drow (Toril), Tortuga (Do primeiro Piratas do Caribe), Mos Eisley (Star Wars Ep. IV) e a área de compras Knockturn Alley ("Travessa do Tranco") nos livros do Harry Potter.

O cartaz pode ser encontrado em mais de uma cidade e, como mencionei, não somente em Toril (Forgotten Realms). Então não é necessário que o personagem venha de Toril. Para quem quiser algum outro lugar ou saber de Planos onde poderia ter encontrado o cartaz, eu posso ajudar a situar em algum lugar já existente dos livros (ou não).

“Companhia Dragão Negro? NÃO SE META COM ELES, OS DEMÔNIOS VÃO ROUBAR SUA VIDA! TÔ AVISANDO!”
Brenildo, trambiqueiro local


Para o caso de quem não quiser ter vindo de Toril, substitua o nome da taverna e o personagem Verméris por alguém de personalidade e situação semelhante (Veja “Sobre Verméris e a maçã”, abaixo)

“Companhia do Dragão Negro? NÃO DEIXA O CABELUDO DE CHAPÉU TOCAR A FLAUTA SENÃO TÚ VAI MORRÊ!”
Edarel, trambiqueiro local.



Sobre Verméris e a maçã:


Verméris é apenas um simples vendedor de frutas e legumes.

Ele possui uma modesta banca de venda em frente à taverna Olho do Verme. Ele é um homem com idade aparente de uns cinquenta anos, roupas simples e aparência inofensiva.

“Companhia Dragão negro... a dos avisos na parede não é? Eu não lidaria com eles se fosse você, eles tem ligações com muitos mercadores de escravos e usam estes cartazes para atrair mais escravos. Perdi uma conhecida minha para eles. Ela comprou a maçã, foi até eles e... Quer saber de uma coisa? Eu não vejo ela há dois anos.”
Ermados, vendedor de frutas e guia para assuntos “obscuros” do local.


A única coisa que ele diz sobre a maçã é que ele recebe de um homem de chapéu algumas moedas de prata para vendê-la, mas somente para aqueles que estão realmente interessados nela. Ele nunca entrega a maçã antes da pessoa realmente confirmar que está interessada nela, sempre perguntando antes:

"Você leu o cartaz e realmente quer comprá-la?"

Só depois da pessoa responder confiantemente a esta pergunta é que ele entrega a maçã e relembra você para que a carregue consigo durante o tempo que o cartaz instruir.

“Drrragãu negru, sei quem é, sei quem é... um bando de fia das puta, é o que eles são... roubaram e tomaram... tipo, cataram mesmo e inc...incriminaram o cachorro...tomaram a taverna e beberam nela... o Gerdel, melhor guarda minotauro da arena pô... fia das puta mesmo... se vierem aqui eu esfolo eles.”
Boca do abismo, bêbado local


Se questionado sobre quantas maçãs possui a resposta dele é:
Spoiler:
"Sempre que alguém vem comprar, basta eu procurar na sacola e tem algumas lá dentro. É muito estranho!"



Sobre a Companhia:

Como de costume com sociedades secretas, os dados sobre a companhia são cheios de contradições e carregados de conceitos que tomam como base o nome da organização. Muitas pessoas não sabem nada, outras dizem que sabem e outras dizem que já lidaram pessoalmente com a companhia.

Quem procurar saber mais sobre ela ou precisar de mais detalhes para acrescentar a história ou a motivações sobre o personagem, certamente terá ouvido coisas do tipo:



-- "Companhia do Dragão Negro? Assassinos altamente treinados que são capazes de matar qualquer um, contanto que o preço seja pago".

-- “Sério, o que ouço falar é que tem um cara de chapéu... e uma mulher, acho... uma mulher feiticeira ou sei lá, de roupas brancas e coração gelado”.

-- “Essa gente diz que contrata assassinos para ganhar um bom dinheiro entregando eles para autoridades. Muito espertos! Já prenderam vários”.

-- "Um homem de chapéu largo se diz membro da companhia e supostamente contrata os mercenários, mas ele na verdade é um anjo que foi escravizado pelo Dragão Negro e forçado a trabalhar para ele".

-- "A companhia Dragão Negro possui os mais poderosos magos deste Plano e eles comandam todos os membros através de encantamentos".

-- “NÃO MEXA COM ELES! VOCÊ VAI SE DAR MAL!”

-- "A companhia somente contrata aqueles que matarem o contratador atual em um duelo justo".

-- “Eu te direi, sim eu direi. São velozes, ardilosos e cruéis. E estão caçando... Cuidado! Ah não, era só um mosquito...”

-- “Pessoas inescrupulosas atrás de gente como eles. Trivial. Apenas o trivial”.

-- "Os membros da Companhia precisam matar um Dragão do bem para se tornarem membros".

-- “Esteja preparado porque eles são cruéis. Mas no fundo são apenas mais gente em busca de um dinheiro, não é? Pelo menos eles não matam para... Pensando bem, eles matam por dinheiro. Bastardos, é só o que são”.

-- “Só uma coisa me incomoda... Por que a maçã, sério? O que eu acho é que o cara que vende as maças é que é o grande chefão... E ele só quer ganhar uma aposta que ele diz que conseguiria vender milhares de maçãs podres”.

-- “Deve ter alguma razão para eles colarem cartazes ao invés de buscarem pessoalmente estas pessoas... e não deve ser uma boa razão”.

-- “O que ouço falar é que tem algum tipo de teste ou sei lá... Ah é, ta escrito no cartaz mesmo. Mas... bom, tem um teste e ele é um teste de lealdade. Se bem que isso também é óbvio então... bom, acho que não sei muito”.

-- “Clllllllaro que sei... sobre o dragão preto... eles, pô, sei muito mais do que você imagina. Vamu lá, paga a bebida e eu te conto, irmão”.

-- “Ora, eles estão em descaso com qualquer lei que não seja uma lei concisa com suas próprias crenças e desejos, sim, é isso mesmo... Não dependem de nossos julgamentos, sabe? Querem mesmo é seguir assim, confirmando tudo o que a gente acha que poderia saber sobre os rumores...”

-- "Eu sabia muita coisa sobre eles, quase tudo até... Mas numa manhã eu tinha esquecido tudo, eu juro!"

-- “Já tem alguns anos que eu vejo esse cartaz... e ele sempre aparece nessa época. Acho estranho”.

-- “Anjos renegados. Sedentos por um prato de vingança e uma dose de dignidade, juntando tudo isso e misturando, só poderia mesmo dar um bolo misterioso destes”.

-- "A companhia na verdade é uma fachada para juntar pessoas poderosas num mesmo lugar e serem contratadas por Demônios".

-- “Eles fedem e eu não gosto deles”.

-- “Um cara de chapéu, uma mulher dourada que é tipo uma musa, um gigante feito de aço e uma maga louca. E estes são só os que você verá primeiro...”

-- “Só uma coisa que te digo: A mulher loira. Cuidado com ela”.

-- "A companhia é uma organização militar altamente treinada que vive de assassinatos bem planejados e sangue de inocentes, que é oferecido ao seu Deus-patrono, um demônio".

-- "Essa companhia possui vários Dragões entre os membros. E eles não gostam de você".

-- “Assassinos atrás de mais assassinos. Coisa boa não pode ser”.

-- "Rá! Não tem companhia nenhuma. Quando você entrega a maçã, o cara barbudo, que por sinal é um Deus, revela pra você que você acaba de ser preso pela guarda continental suprema de Ourélis, da trama perdida de Tamarif. E eles são mais ardilosos do que os sentinelas de Elkaria, pode acreditar, todo mundo conhece essa história".

-- “Eles vivem do dinheiro pago por aqueles que querem entrar. Pra entrar você paga uma grande quantia de dinheiro e, em sua primeira missão, será morto”.

-- “Existe uma Companhia de mercenários para cada Dragão e eles possuem objetivos de acordo com a cor do Dragão”.

-- “Já me disseram que estes contratados se tornam grandes guerreiros... a não ser que sejam mulheres, pois nesse caso se tornam grandes guerreiras”.

-- “São fodões! São mercenários poderosíssimos e logo ouviremos falar deles por entre todas as milícias, que borrarão as calças quando falarem! HAHAHAHA!”

-- “Entenda meu jovem... ninguém deveria ajudar um grupo de pessoas que procuram pessoas sem escrúpulos ou decência, não, não deveria...”

-- “...cara de chapéu, tem um outro estranho que tem um javali de estimação e fica dizendo pra todo mundo que “pegou o cheiro””.

-- “Estas pessoas vivem num mundo de sonhos, criado por uma mulher-musa ou algo assim. E acho que eles buscam gente que queira participar desta coisa louca aí”.

-- “Uma palavra: DEMÔNIOS. Preciso dizer mais?”

-- “Todos os membros da Companhia são escravizados e transformados em zumbis a serviço deles”.

-- “Esse nome só pode se dar ao fato de ter um Dragão controlando tudo. E o que você acha que ele procura? Certamente alguma coisa que estes loucos que compram estas maçãs tem”.

-- "Não sei nada sobre eles, mas se você conseguir entrar, você me conta como é?"

-- “Se quiser entrar para a companhia vai precisar abdicar de tudo que você tem, pois você será levado para o mundo deles e nunca mais voltará a ver outros como você”.

-- “Loucos. Comedores de corações. Malignos. Muito. Você não sobreviverá”.

-- “Eu teria ido lá se tivesse mais coragem... mas não sei não. Dizem que os testes são muito difíceis e quase impossíveis de serem concluídos”.

-- “A maçã é feita com partes dos antigos membros que foram mortos por não completarem as missões suicidas que eles demandam”.

-- “Eu te digo sobre estes caras, são farsantes. Meros mentirosos sem qualquer escrúpulo”.

-- “São um bando de fracos que tentam parecer fortes através de ilusões”.

-- "Três palavras: CLÉRIGOS DE BANE".

-- “Essa companhia vive recrutando gente, fico imaginando o que acontece com essa gente toda que vai lá”.

-- “A vingança do dragãozão. ELES VIVEM PELA VINGANÇA DO DRAGÃOZÃO! NÃO VAI LÁ CARA!”

-- “O Dragão negro que comanda a companhia procura um homem do mal, predestinado a receber o poder de destruir mundos, por isso ele contrata pessoas que não se importam em fazer o mal”.

-- “Esses caras são mesmo é ladrões que se divertem em fazer gente gastar dinheiro com uma maçã podre... Quem compra uma maçã que sabe que está podre só pode mesmo ser BURRO”.

-- “Muita gente de má índole vai lá, acreditando que são pessoas como eles e não dá outra: Caem, sem calça, no colo da milícia. O que resta é só choro e gente arrependida”.

-- “Ora, faça-me um favor... Gente procurando pessoas malignas... que pessoa má pode ser tão burra a ponto de ir lá?”

-- “Um bando de mercenários inescrupulosos que ficam bebendo num bar do abismo e reclamando da sua vida perdida. Não são nem mesmo uma companhia”.

-- "Sei quem são, tem uma mulher que é um anjo do céu que trouxe pra mim... É a mais bonita, tipo, a jóia perfeita. E é pra eu cuidar, que é pra eu amar... uma gota cristalina e tem toda inocência..."

-- “Perigosos e muito poderosos. Estes caras não brincam e pode ter certeza que escondem algo grandioso demais... e não poderia ter forma melhor de esconder isso do que sendo óbvios assim”.

avatar
Kio
Narrador
Narrador

Mensagens : 117
XP : 139
Reputação : 1
Data de inscrição : 26/10/2010
Localização : Multiverso desconhecido

Ver perfil do usuário http://kionline.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum